Gramática,  Método da Luma e ponto.

Passo a passo da introdução perfeita para a redação do Enem

Provavelmente você ouviu falar que a redação se resume em 3 partes: introdução, desenvolvimento e conclusão. E se eu te contar que tudo o que te contaram até agora sobre a redação do Enem é mentira?

A redação nota mil do Enem é composta por 9 partes, que eu chamo de parte A, B, C, D, E, F, G, H, e parte I. Nós encaixamos cada uma dessas partes dentro da introdução, os dois parágrafos de desenvolvimento, e o de conclusão.

Você sabe como fazer a introdução perfeita na sua redação do Enem? Existe um passo a passo para construir a introdução. Bora conhecer cada um deles? 🚀✨

👉 PARTE A – Estratégia de Abertura (repertório)

A maioria das pessoas que tiram 1000 começa redação com estratégia de repertório. Elas, na primeira frase da redação, demonstram conhecimento de outra área do saber e estratégia: não estão improvisando, há uma estrutura-padrão.  

Além disso, essa estratégia de abertura traz um repertório que poderia ser utilizado em outros temas, ou seja, há um conteúdo-padrão. 

👉 PARTE B – Problematização 

Como o tema no Enem é sempre um problema, a maioria das pessoas que tiram 1000 usam a introdução para PROBLEMATIZAR. Ou seja, para explicar esse problema. Essa problematização acontece conectando o repertório da parte A ao problema. 

Mas, o que me surpreendeu, é que essas pessoas falavam sobre o problema a partir dos textos motivadores e não de uma vasta leitura sobre o tema. 

👉 PARTE C – Tese 

A maioria das redações nota 1000 fechavam o primeiro parágrafo com uma tese: o posicionamento que será defendido no desenvolvimento.  

Essa tese já anunciava os 2 argumentos a serem desdobrados nos parágrafos seguintes. 

Dá uma olhada no exemplo do modelo que deixei abaixo: 

TEMA: A inclusão de pessoas com limitações físicas no Brasil 

Segundo a Declaração Universal dos Direitos Humanos, os indivíduos são iguais em dignidade e direitos. No entanto, tal premissa não é verificada na realidade brasileira, uma vez que a sociedade negligencia a inclusão de pessoas com limitações físicas no Brasil. Com isso, emerge um problema sério, em virtude da insuficiência legislativa e da ineficiência governamental. 

Se você não conseguiu entender bem como é feita essa separação, toque AQUI e assista o Minicurso Gratuito de Redação para o Enem. Lá eu te mostro na prática como você vai aplicar cada uma dessas partes.

Quer mais modelos de introdução para você treinar quando, onde e como quiser? No Curso dos Modelos e ponto. você encontra mais de 200 modelos de redação inéditos para você chegar ao 900+ e estar mais próximo da vaga dos seus sonhos na universidade. 

Meu amor, agora é a sua vez que conquistar essa pontuação no Enem desse ano. Para mais informações do Curso dos Modelos, toque AQUI

Bons estudos e bom Enem 🤍

Comments

comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *